terça-feira, 22 de março de 2011

Eu quero ser pipoca!

Oi gente!!!

Desculpem ter fechado o blog assim, de repente... É que eu precisava fazer uma faxina nele e em mim também. Sabem, tenho passado por algumas mudanças na minha vida, para o bem, acredito! E o movimento que tenho feito é o de peneirar... Peneirar a vida, as atividades, os sentimentos, os pensamentos, os tweets, os posts, as pessoas...
No começo achei que isso significava "estou ficando velha...", mas agora vejo que a palavra não é essa. Estou ficando madura, talvez. Já não quero estar em qualquer lugar, fazendo qualquer coisa, ouvindo qualquer coisa, comendo qualquer coisa, lendo qualquer coisa, na companhia de qualquer pessoa... Eu quero o que me faz bem, o que me agrada, o essencial...
Não preciso do tanto nem do muito pra ser feliz... Preciso do que importa de verdade!
Por isso, acredito que vocês devam me ver um pouco menos aqui e no twitter... Calma! Não tô dizendo que vou parar de aparecer!!!!! NÃOOOOO! NUNCAAA! hehehe
Mas estou num projeto importante, talvez o mais importante de toda a minha vida.
Estou grávida, mas não de um bebê de verdade... Estou gerando idéias, grávida de um projeto de vida, de mudanças grandes e revolucionárias na minha vida... Por isso esse meu movimento "pra fora" vai ter que diminuir um pouquinho, para que eu possa dar mais atenção ao meu movimento "pra dentro"...
A principio, posso adiantar só uma coisa: VEM COISA MUITO BOA POR AÍ! E essa coisa muito boa vai ser partilhada por todos vocês! :D
Hoje cedo eu ouvi a Namaria Brega falando uma mensagem muito bacana na TV... Como eles não postaram a mensagem do dia no site do programa (Alô produção do Mais Você!!! Tem que ver isso aí!!!) eu procurei na internet pra postar aqui. Desconheço o autor, se alguém souber me fala, tá bom? ;)



As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.



Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira.
São pessoas de uma mesmice e uma dureza enorme.
Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.
Aí de repente vem o fogo...
O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.
Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder emprego ou ficar pobre.
Pode ser fogo de dentro: pânico, MEDO, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos.
Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! Sem fogo o sofrimento diminui. Com isso, a possibilidade da grande transformação também.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: Vai morrer.
Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz...
Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM!!!!!! E ela aparece como uma outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado.
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura. No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva. Não vão dar alegria para ninguém...


É isso gente! Eu estou virando pipoca! hehehe
Na verdade acho que já virei pipoca outras vezes... Viro pipoca e me reinvento sempre! Pipoca salgada, doce, caramelada, colorida...
É assim que a gente renasce pra vida!
Obrigada a todos pelas mensagens de carinho e pela preocupação com a minha pessoa!
AMO vocês muito! Vamos virar pipoca todos juntos? hahahaha





VEMGENTE!!!!!




Bolsinha

18 comentários:

danusinha disse...

julia,
sou sua fã!
desejo a você toda a felicidade do mundo,
beijão.

Júlia disse...

obrigada querida!!!!! desejo em dobro pra vc!!!
beijoca <3

fermmc disse...

Oi!

Admiro vc desde que conheci um pouquinho do seu trabalho, vc tem talento de sobra, parabéns!

Esses períodos de pausa, reflexão e consequente transformação são necessários para o nosso crescimento moral, intelectual, sentimental etc!

Se eu não me engano, o texto é da Martha Medeiros, do livro "Doidas e santas"... esta crônica é um verdadeiro tapa na cara!

Tudo de bão procê!

Ana disse...

sorte querida,nessa nova etapa de vida.
bjocas

Luci disse...

Acredite só coisa boas vão acontecer.
Sucesso sempre.
beijos luci

aline disse...

Júlia!

vc é minha ídola! :)
ler o que você escreve e ver as tuas ilustrações animam muito o meu dia... tu é uma baita inspiração!
eu desejo tudo de muito bom na tua vida.

bjsss

Camilla disse...

Aff quanta baboseira, vc vai aparecer aqui menos ainda do aparece, é eletista só faz trabalhos q vc quer na hr q quer...falta nao fará mais

Mariana disse...

Amei o post!! Amo este texto!
Acredito que ele seja do Rubem Alves, acho que tenho o livro, depois confiro para você!
Mais que fofa a ilustra também!! Parabéns!
Adoro o seu blog, amo quando indica músicas e tudo de lindo!
Beijos!!

anália adriana disse...

Que post tão lindo!!
Boa sorte, menina!!
Um montão de sucesso pra vc!

Júlia disse...

obrigada a todos! fico muito feliz mesmo com o carinho e o apoio de vocês!
beijocas <3 <3 <3

mariana disse...

hmmm, só não vale sumir de vez :~

boa sorte com os novos projetos :D

Sobre o Blog disse...

Owunnn!!!
A tranquilidade é "QUE VEM COISA MUITO BOA POR AI!E o melhor: Vai ser compartilhada com todos nós!!

Vc é muito fofa Júlia. Sou fã de vc, do que vc escreve no TT, aqui no blog e fã dos seus desenhos!!! São a coisa marlinda!!! Ah sou fã tb do seu vocabulário bolsinhês hahahah!! #curti!!!

sorte, saúde, sucesso e felicidade é o que desejo a vc!!!

Bj

Psycho Doll disse...

Nossa!! eu e minhas amigas de trabalho, ficamos desesperadas, sem conseguir entrar no seu blog...
Tentando descobrir o que poderia ter acontecido..
Acredito que quando um trabalho é feito com amor, ele tem muitas recompensas, e este é o seu caso, dá para ver, mesmo que não te conheça, dá para sentir. Que o seu "bebe", venha com muito amor e sua com sua criatividade de sempre.

Parabéns pelo blog.

Cris
psychodolltrend.blogspot.com


Vc merece.

Bj.

Juliana Spitz disse...

Júlia! Adoro você, seu blog... parece até que te conheço às vezes... bem, te desejo tudo de bom e muita sorte nesse seu projeto! Só não desapareça pois adoro ler seu blog!!!
Beijinhos.

fermmc disse...

Pesquisei no livro "Doidas e santas", da Martha Medeiros, e vi que ela baseou a crônica "Pipocas" em um texto do Rubem Alves. Ele é mesmo o autor da mensagem, como disse a Mariana!

Bjo!

Mila Bomtempo disse...

Julia, adoooro tudo por aqui e te desejo muito sucesso, porque talento vc já tem de sobra!
Sou sua fã!
Ahhh! Tb quero virar pipoca, pode?
Eu quero ser aquela doce cor de rosa!(hummm delícia! só penso em comida mesmo hahaha)
Falando sério agora, eu adoro essas fases. Sou uma legitima aquariana que odeia monotonia, então também me reinvento o tempo todo!
Eu não tenho medo do 'fogo'! Ele sempre me traz muita maturidade e conhecimento, mesmo que ele me queime um pouquinho. Para frente e avante!

Bejocas!

Brechó DasJú disse...

Júlia, fiquei mt triste qd vi o blog bloqueado, pois por mais cansada q eu esteja no dia, eu sempre passo aqui para dar um confere nas coisas! boa sorte na sua "gravidez"!!! amei a ilustração da pipoca!
bjs

Mariana disse...

Julia... descobri seu blog por acaso e entro sempre pra ver as novidades. Adoro os desenhos, as musicas e o que vc escreve... não fica muito tempo longe não, pelo menos aqui no blog...

Estou numa fase assim como a sua...
Bjao e tudo vai dar certo com certeza!!!